Slideshow image

Olímpia - Salata aprova alerta contra maus tratos, e quer castração gratuita de animais.



O presidente da Câmara Luiz Salata (PP), de Olímpia, conseguiu a aprovação em primeira votação, por unanimidade, de projeto de lei que dispõe sobre a esterilização gratuita de caninos e felinos como função de saúde pública, institui sua prática como método oficial de controle populacional e de zoonoses, proíbe o extermínio sistemático de animais urbanos e dá outras providências.

Ele é autor de um segundo projeto, também voltado aos animais domésticos, já aprovado e dependendo apenas da sanção do prefeito Geninho Zuliani (DEM) provavelmente esta semana, no sentido de afixar placas alertando contra maus tratos em lojas, clínicas e demais locais onde há movimentação de ‘pets’.

Segundo Salata, “é um anseio da população, já existe oficiosamente, a ONG Mi-Au já pratica a castração com verba da utilidade pública, mas é preciso regulamentar, e também sobre os extermínios, há denúncias de que terceiros sacrificam animais, e isso não se pode conceber no mundo atual, os animais são seres vivos, merecem respeito”, e citou uma frase de Mahatma Gandhi: “A grandeza de uma nação pode ser julgada pelo modo que seus animais são tratados”.

A esterilização gratuita seria voltada para pessoas sem condições financeiras de pagarem clínicas particulares.


Seu Nome

Seu E-mail











Edição Edição 145
Rua Pamplona, n. 1188 - sala 73 - Jardim Paulista - CEP 01405-001 - São Paulo - SP - Telefones (11) 3884.6746 / 3884.6661.