Slideshow image

Holambra - Elaboração participativa do Plano de Mobilidade agrada vereadores



Discussão aberta com Legislativo e sociedade revela postura de trabalho inédita

A elaboração do Plano de Mobilidade, coordenada pelo professor Adalberto da Silva Retto Jr., vem surpreendendo positivamente os vereadores pela forma como está sendo conduzida: com amplo espaço para participação popular, tanto nos workshops realizados até o momento quanto nas reuniões promovidas e nas inúmeras oportunidades de discussão propostas.

No último final de semana o programa de atividades foi intenso e variado. Na sexta-feira, dia 10, o professor Adalberto esteve com seu grupo de trabalho na Câmara Municipal para solicitar sugestões e explicar aos vereadores a metodologia utilizada no desenvolvimento do projeto.

Teste de Acessibilidade

Na manhã seguinte realizou workshop na praça dos Pioneiros, quando proporcionou aos participantes a chance de descobrir caminhos invisíveis: com valioso auxílio de usuários do Naott, voluntários puderam experimentar as dificuldades de locomoção por calçadas e ruas utilizando cadeiras de rodas, andadores, muletas e até mesmo simulando deficiência visual. Desta forma, detalhes que podem parecer insignificantes, como guias não rebaixadas, obstáculos nas calçadas, rampas inadequadas e falta de sinalização, entre outros, ganharam a devida relevância.

O vereador Mauro Sérgio(Serjão) destacou a importância em construir uma cidade acessível: 'deu para perceber como é difícil se locomover com muletas, com a visão tampada e principalmente com cadeira de rodas. Você fica dependente. Hoje temos nossa visão, audição, podemos caminhar, mas como saber o amanhã?', ponderou Serjão.

A vereadora Jacinta Heijden também participou da atividade e declarou: 'pude constatar as necessidades pelas quais nossa população passa, especialmente os deficientes físicos e com mobilidade reduzida. A proposta é democrática e de inclusão social'. Jacinta classificou o processo de elaboração do plano como 'um exemplo de gestão colaborativa, inteiramente aberto à população'.

Rota dos Imigrantes

No período da tarde houve novo workshop, desta vez utilizando a bicicleta como meio de interagir com os caminhos da cidade. À noite, na Câmara Municipal, comerciantes, vereadores e interessados puderam conhecer e discutir detalhes sobre a remodelação da Rota dos Imigrantes.

O vereador Géza Árbocz considerou 'gratificante participar da elaboração do plano e ver ideias e sugestões serem debatidas antes de virar um documento'.

Quanto às alterações na Rota, Géza disse que os comerciantes presentes à reunião apontaram necessidades diferentes do plano previamente apresentado pela Prefeitura ao Estado e que possibilitou a liberação de recursos: 'O projeto tem que sofrer algumas mudanças. Isso vai ser objeto de conversa, espero que esse processo possa trazer um consenso para que tenhamos na Rota dos Imigrantes um trabalho executado bem melhor do que na Dória Vasconcelos', afirmou.

Géza expressou ainda um desejo que mostrou-se unânime entre os vereadores: 'espero que o exemplo que ele nos trouxe sirva como modelo'.


Seu Nome

Seu E-mail











Edição Edição 145
Rua Pamplona, n. 1188 - sala 73 - Jardim Paulista - CEP 01405-001 - São Paulo - SP - Telefones (11) 3884.6746 / 3884.6661.